O que é meditação e por que meditamos?

Você já se pegou perdido em pensamentos, bem longe de onde deveria estar – seja em uma conversa, durante uma aula ou reunião, ou mesmo no trânsito? Ou que você terminou de almoçar e nem prestou atenção ao que estava comendo? Você está fazendo as coisas “no automático”? Isso é, na verdade, algo bastante comum.

A nossa mente está sempre em movimento, indo ao passado ou futuro, constantemente ocupada com nossas ansiedades, sonhos e preocupações; é um órgão que tentamos, mas, na verdade, não podemos controlar.

Tudo o que vivemos diariamente ajuda a criar um círculo vicioso. A cada segundo, recebemos milhões de estímulos vindos da TV, internet, redes sociais, notícias, amigos, e por aí vai. Nossa mente é constantemente exposta a momentos de estresse, ansiedade e às dificuldades que surgem o tempo todo. E quando a comunicação entre o corpo e a mente é interrompida, nós começamos a viver ao acaso.

Talvez você ainda não tenha experimentado meditar, ou acha que não é possível. Isso não importa. Quando você começa a praticar, percebe que são, na verdade, técnicas muito simples. Com o nosso Meditopia,  você pode começar imediatamente. Você só precisa separar um tempo para si mesmo, e manter uma frequência. Meditar é uma das maneiras mais eficazes de trazer sua mente para o momento presente e focar apenas em sua respiração,  corpo e sentimentos. É a maneira de trocar uma mente cansada e agitada por uma mente calma e focada.

Ao meditar, não somos transportados a lugares mágicos; tudo acontece em nosso próprio corpo e mente. Com o Meditopia, trazemos práticas de meditação centenárias para o seu cotidiano.

Por que precisamos meditar?

A maioria de nós enfrenta, diariamente, momentos de estresse, desafios e está sempre cansado(a). A vida nos demanda muito, e o mundo a nossa volta está em constante agitação e mudança; com isso, nós acabamos perdendo o contato com nós mesmos, esquecendo o que realmente importa e apenas correndo atrás das coisas, sem entender realmente como o tempo entre nossas manhãs e noites, entre segunda a sexta, está passando. Nós deixamos a vida nos levar, e a correria do dia a dia coloca nossa mente – que já é propensa a se dispersar – em atividade constante.

Além disso, a mente está sempre em estado de atenção, e não consegue descansar o bastante. É impossível se libertar dos eventos passados e futuros. Enquanto a mente continua planejando o amanhã e se mantém ansiosa em relação ao que vai acontecer, nós perdemos as alegrias do momento presente e as experiências que ele traz.

Os diversos estímulos que nos afetam durante o dia nos impedem de entender como estamos realmente nos sentindo, e acabamos tomando ações e decisões impensadas. Fazemos nossas tarefas diárias sem perceber,  porque estamos perdidos entre o ontem e o amanhã. A maior parte das vezes, passamos as refeições “voando” em pensamentos, sem ao menos sentir o gosto da comida. Ou, ao dirigir, entramos no “piloto automático”, e deixamos os planos e preocupações guiarem. Acabamos não aproveitando as pequenas felicidades diárias, como a água caindo durante o banho, ou quando bebemos água fresquinha, ou ainda, quando paramos para ouvir alguém que amamos, realmente prestando atenção em seus sentimentos e palavras. Porque, às vezes, a mente está tão ocupada que deixa passar o momento presente.

Então não deveríamos pensar em absolutamente nada? Claro que não. Nós vivemos fazendo planos e escolhendo prioridades. É como nos desenvolvemos. Porém, quando nos perdemos em pensamentos que não nos trazem nenhum benefício, nós também perdemos a conexão entre nosso corpo e mente, e, portanto, perdemos a conexão com o momento e com a felicidade que ele pode trazer.

Tente lembrar quantos dos seus pensamentos diários são realmente úteis. Quantos deles te trazem respostas? Ou você acaba toda vez entrando em um turbilhão? É nessa hora que é importante meditar, ter esse momento em que você consegue acalmar a mente, ouvir seu subconsciente e perceber de verdade o seu “eu interior”.

O que é meditação de atenção plena (mindfulness)?

É prestar atenção ao momento.

É começar a conhecer seu corpo, pensamentos e sensações.

É começar a conhecer a si mesmo(a).

É observar, sem julgamentos.

É uma estrutura consciente de pensamentos e observações.

É o ponto de encontro entre o corpo e a mente.

 

E o que a meditação não é?

Não é uma religião.

Não é a ausência de pensamentos.

Não é a ausência de ações.

Não é uma válvula de escape.

Não é um apenas um remédio para o estresse e a ansiedade.

Não é difícil.

 

E no que você deve focar quando começar a meditar?

Ao meditar, tudo começa pela sua vontade e intenção. Isso já é suficiente para criarmos novos hábitos e construirmos o espaço para uma mente mais calma, que não se perderá na confusão de pensamentos.

Tenha seu tempo: o mais importante para a prática da meditação é definir um horário certo para isso.  Você não precisa de roupas ou equipamentos especiais, nem ter um local específico para praticar.

Prepare a mente: o objetivo da meditação não é silenciar a mente, e sim revelar o subconsciente, deixando os pensamentos irem e virem, enquanto você está atento ao seu corpo, sensações e ao ambiente ao seu redor. Por isso é necessário preparar a mente para 10 minutos de meditação.

Pare de julgar: ao começar sua prática, deixe seus julgamentos de lado e entregue-se a essa nova experiência. Em vez de pensar positivamente ou negativamente a respeito da prática, apenas foque em perceber o que está acontecendo.

Tenha autocompaixão: não fique nervoso ou irritado consigo durante a prática. Apenas observe-se, sem julgamento, mas com amor. Não esqueça que esta é uma experiência especial para você, e só você importa.

 

Enquanto praticar meditação de atenção plena (mindfulness):

Encontre um local agradável e silencioso, onde você possa sentar-se confortavelmente e em paz.

É importante praticar meditação sentado, para evitar cochilar durante a prática.

Ao começar a relaxar, tenha consciência que este tempo está reservado apenas para você mesmo(a).

Feche os olhos e comece focando apenas em sua respiração. Deixe sua mente seguir os movimentos de inalação e a exalação. Perceba o ar enchendo seus pulmões e deixando-os, lentamente. Mantenha a atenção apenas no seu respirar.

Perceba os pensamentos que vão e vêm.  Apenas observe para onde sua mente vai. Imagine-se olhando a si mesmo do alto, e acompanhe seus pensamentos, um a um.

Durante a prática, sua mente poderá divagar de vez em quando, e isso é esperado. Quando você perceber que isso está acontecendo, apenas volte sua atenção para a prática.

Continue a focar nas respirações e perceber seus pensamentos, por cerca de 5 a 10 minutos.

Todo dia poderá ser uma experiência diferente, e às vezes será muito difícil acalmar a mente. Você pode se perder em pensamentos, mas não pense em desistir. Meditar é um processo, e você está apenas começando a desenvolver suas capacidades. O mais importante é acalmar a mente, prestando atenção aos seus pensamentos e à sua respiração. Só isso já basta para acalmar seu corpo e mente.

Por fim, mas não menos importante: reserve 10 minutos, diariamente, para si mesmo. Praticar todos os dias, sempre nos mesmos horários, ajudará você a criar este hábito.

DICA: praticar meditação pelas manhãs lhe ajudará a começar melhor seu dia. Além disso, você poderá usar as técnicas que aprendeu a qualquer momento que precisar.

Baixe agora o Meditopia e comece já!

7 Comentários

  • Quero meditar.

  • Sempre tive vontade de meditar, não sabia por onde começar, então umas semanas atrás achei o App e baixei, confesso que minha vida está mudando pra melhor, até meu sono melhorou, estou mais disposta, animada e feliz, medito 2 x por dia, as 9:00hr e as 22:00hr meu horário, meu momento.
    Só agradecer todas as dicas.🙌🏻🧘‍♀️

    • Oi Janete, tudo bem? É tão bom ler depoimentos como o seu! Nós, aqui no Meditopia trabalhamos muito para oferecer além das meditações, conteúdos, dicas e tudo o que for possível para incentivar a prática da meditação porque acreditamos muito que ela melhora de verdade a vida das pessoas e ficamos tão felizes quando percebemos que estamos alcançando nosso objetivo! Continue meditando sempre!!
      Um beijo!
      Flavia, da Equipe de Felicidade dos Usuários.

  • Olá, eu gostava muito de começar meditar diariamente, mas gostaria se o programa que instalei é gratuito, obrigada

  • Oi! Boa tarde 🤗 sempre escuto sobre meditação nunca tentei pq “acho” q não consigo pelo simples fato de não me concentrar mas sei q preciso c/ urgência, ando sobrecarregada já tive síndrome do pânico e foi terrível passar por momentos de insegurança e medo!! Tive uma pequena crise essa semana e fui parar na urgência achando q era outra coisa mais grave! Não estou 100% sinto ao acordar a sensação de nervoso sem nada aparente uma tremedeira no corpo e não consigo me desligar dessas sensações negativas! Estou c/ medo e sempre vive c/ medo desse sempre!! Me ajuda! ☹️

Deixe uma resposta