Como nutrir um relacionamento romântico durante a pandemia?

A pandemia de coronavírus exigiu que nos adaptássemos a muitas mudanças radicais em um período curto. O vírus continua sendo uma ameaça à nossa saúde, portanto continuamos a adaptar as nossas condições de vida, tendo consciência da sua presença. As rotinas desempenham um papel crucial nesse processo de transformação rápida. Durante a pandemia, trabalhamos cada vez mais em casa e passamos menos tempo fora dela, portanto, passamos mais tempo do que nunca junto aos nossos familiares. Isso tem o potencial de ajudar a nutrir nossos relacionamentos, mas também pode ser cansativo e desgastante. É sempre bom refletir sobre como essa mudança na qualidade e na quantidade do tempo passado em casa afetou seus relacionamentos. Provavelmente, é fácil ver os resultados positivos: assistir filmes e séries de TV juntos, compartilhar tarefas domésticas, jantar em família mais regularmente ou, simplesmente, ver uns aos outros com mais frequência, o que não acontecia na agitação de nossas vidas pré-pandemia. Esses são apenas alguns exemplos dos aspectos de estar juntos que podem ser benéficos. No entanto, você pode ter dificuldade em criar espaço e tempo para si mesmo(a) quando vocês estão constantemente compartilhando o mesmo espaço. Mais importante, talvez você ignore as suas necessidades, pensando que falar sobre elas possa prejudicar seu parceiro. De certa forma, seus medos podem ser parcialmente verdade, e seu parceiro talvez entenda suas necessidades como um sinal de rejeição. Se isso acontecer, lembre-se de que ser verdadeiro consigo mesmo(a) é importante e necessário para dar a motivação de que você precisa para criar oportunidades de atender às suas necessidades. Pense muito sobre essas razões, que têm alicerces saudáveis, e compartilhe-as com seu parceiro. Isso permitirá que ele ou ela diferencie entre ser indesejado(a) e a sua necessidade de ficar sozinho(a). No final das contas, em vez de ser uma situação perturbadora para ambas as partes, criar espaço e tempo para si mesmo(a) vai promover uma “experiência de respeito aos limites” que pode fortalecer seu relacionamento.

Como você pode cuidar dos limites individuais do seu relacionamento? 

Sua capacidade de criar espaço para si mesmo ilumina muitos outros temas que afetam seu relacionamento. Cada relacionamento tem sua narrativa única. Essa narrativa tem aspectos bons, nutritivos e fortalecedores, bem como pontos que podem causar tensão. As dificuldades podem surgir de muitos problemas diferentes; essas podem ser questões cotidianas, mas outras podem ser muito mais profundas, correspondendo ao seu mundo interior. O assunto que está desafiando você e seu parceiro afeta intimamente como você lida com esse desafio. Por exemplo, você pode se sentir mais no controle e ser racional sobre as questões que envolvem sua vida diária. Por outro lado, você pode se sentir mais na defensiva e vulnerável quando se trata de se sentir seguro(a), da necessidade de intimidade e apego. Uma maneira de lidar com essas dificuldades é ser consciente de si mesmo(a) e no seu relacionamento. Você pode se perguntar o seguinte: “Como costumo expressar minhas necessidades?”, “Como me comporto quando estou com raiva, magoado(a), ansioso(a) ou nervoso(a)?”, “Como me expresso nesses momentos?”, “Como meu corpo fica diferente de quando estou relaxado(a)?” , “Que mensagens envio ao meu parceiro pela velocidade com que falo, meu tom de voz, gestos, expressão facial e linguagem corporal? Elas correspondem ao que estou tentando dizer?”, “Será que estou no estado certo para ouvir o que meu parceiro está dizendo?”, “Se eu não estiver no estado certo, posso fazer uma pausa? ” e “Quais pensamentos tendem a passar pela minha cabeça durante nossas discussões?”. Essas perguntas podem ajudar você a reconhecer o que pode estar te impedindo de tentar encontrar soluções para seus problemas. Também é possível responder a todas essas perguntas em nome de seu parceiro e compartilhar o que você percebeu com ele(a). Quando você estiver se sentindo seguro em sua comunicação, compartilhar os pontos que são importantes para você (mas sem nenhuma acusação) vai ajudar seu parceiro a desenvolver sua própria consciência sobre essas questões.

Segurança emocional nos relacionamentos 

A pandemia aumentou o estresse da vida diária devido à incerteza e a muitos outros fatores negativos que ela cria. Essa carga de estresse, que às vezes é óbvia e às vezes fica escondida, pode fazer com que os níveis de tolerância nos relacionamentos sejam mais baixos do que o normal. Portanto, questões que não seriam tão difíceis de resolver em condições normais podem se tornar um problema grande devido ao estresse e ansiedade vividos por ambas as partes, além do nível de tolerância estar mais baixo. Essa situação pode causar problemas de comunicação e mal-entendidos mais frequentes. Por isso, é crucial descobrir o que está impedindo você de estabelecer uma comunicação saudável com seu parceiro e procurar maneiras de melhorá-la. 

Relacionamentos próximos são uma das nossas fontes mais preciosas de bem-estar físico e psicológico. Portanto, além de proteger seu relacionamento do estresse criado pela pandemia, descobrir os recursos e os pontos fortes de seu relacionamento também ajudará vocês a se sentirem mais felizes e seguros. Compartilhar seus sentimentos e pensamentos sobre o processo com seu parceiro é uma das principais coisas que você pode fazer. Até mesmo compartilhar seus medos, preocupações sobre o presente e o futuro, dúvidas em sua mente, tristeza e frustração podem ajudar vocês dois a vivenciarem a pandemia em um ambiente mais seguro. Em tais situações, compartilhar é parte da solução e é a forma mais fundamental de fortalecer sua intimidade com seu parceiro. 

Você pode procurar a ajuda do seu parceiro durante os momentos difíceis. Saber que não está sozinho e que conta com o apoio deles pode fazer com que você se sinta seguro, e essa partilha fortalece os laços de seu relacionamento. 

No novo normal, é tão necessário criar novas formas de desenvolver e nutrir seu relacionamento quanto cuidar de si mesmo(a). Em casa ou em lugares seguros ao ar livre, você pode compartilhar experiências que vão sustentar a alegria e a produtividade do seu relacionamento. Pense em como pode adaptar as ações que nutriram seu relacionamento antes da pandemia às nossas condições atuais e veja quais novas experiências vocês podem descobrir. É fácil reconhecer a ameaça que a pandemia representa para nossa segurança, mas nosso bem-estar consiste em mais do que apenas nos mantermos seguros. Focar no que traz alegria, mesmo nas condições atuais, será bom para você e para o seu relacionamento.

Translator: Livia Ferolla

Leave a Reply