Benefícios da atenção plena na vida profissional

Às vezes, quando trabalhamos em um ritmo intenso, não percebemos o passar das horas ou até dos dias. Podemos nos ocupar tanto com o trabalho que nossos pensamentos são consumidos por ele, até quando não estamos fazendo outras coisas relacionadas. Muitos de nós veem o trabalho como um processo que devemos aguentar como parte da preparação para dias melhores. No entanto, quando internalizamos esse ponto de vista, a vida acaba passando batido e não conseguimos aproveitá-la ao máximo.

uma citação de atenção plena

Como a meditação pode ajudar a sua vida profissional?

É possível mudar a perspectiva que temos em relação à nossa vida profissional. Em vez de ser uma ferramenta para sobreviver ou para economizar dinheiro para o futuro, podemos ver o trabalho como um recurso que nos dá alegria, energia e até nos alimenta.

Às vezes, o trabalho pode nos sobrecarregar tanto que nem conseguimos nos imaginar continuando nesse emprego por um longo tempo. Daí, gastamos tempo procurando ofertas de trabalho em sites de carreira, na esperança de encontrar algo melhor, ou apenas algo diferente. A prática da meditação, no entanto, pode ser uma estratégia que melhora a sua consciência, o que pode ajudar a criar o relaxamento e a renovação que desejamos sem precisar mudar de emprego.

Mas quais são os benefícios diretos da meditação na vida profissional?

Ajuda a gerenciar o estresse

Muitos de nós desejamos ter positividade e alegria na vida, evitando períodos de tensão ou de estresse. Quem não quer ter uma vida sem preocupações, não é? Embora esse desejo seja comum e totalmente compreensível, muitas vezes os períodos em que aprendemos as lições mais valiosas são aqueles que passamos por dificuldades. Às vezes, é difícil perseverar nos desafios, mas ter paciência para encará-lo já é meio caminho andado, já que tudo o que queremos é que eles acabem. Uma das formas para começar a administrar o stress é permanecer no momento presente e observar as nossas emoções.

Um estudo realizado na Universidade de Uludağ mostrou que as pessoas que praticam exercícios de atenção plena regularmente, como yoga e meditação, conseguem diminuir o nível de stress. Muitas vezes, elas têm empregos que pagam mais e sentem mais satisfação do que as pessoas que não usam essas práticas. Outro estudo realizado com acadêmicos mostrou que com o aumento das práticas de atenção plena, a felicidade também crescia, bem como a capacidade de implementar estratégias para lidar com o stress.

Com essas descobertas, fazer uma pausa, mesmo que só por alguns minutos,  ao longo de um dia de trabalho corrido e puxado para se dedicar à atenção plena pode ter um impacto enorme. Tente começar com algumas técnicas de respiração para relaxar!

um trabalhador fazendo uma pausa para meditação

Aumenta a resiliência psicológica

Todos nós já tivemos dias ruins no trabalho. No entanto, períodos difíceis que enfrentamos no trabalho podem ter um impacto ainda mais intenso em nós, especialmente se a vida fora do trabalho já é cansativa. Reconhecer que isso é temporário, que você não vai se sentir assim para sempre, pode ajudar, dando a você um espaço para construir a resiliência mental. Há um estudo que mostra como a atenção plena no trabalho melhora o bem-estar psicológico e a produtividade. Em outras palavras, ele sugere que quanto mais a pessoa se foca no presente, mais forte fica a resiliência psicológica dela.

No início, talvez seja difícil acreditar que o stress é temporário, e a nossa tendência seja focar apenas na situação como ela é, intensa e desafiadora. No entanto, você pode desenvolver aceitação e paciência ao observar regularmente o seu corpo e seus pensamentos sem julgamento.

Ajuda a lidar com a sensação de inadequação

Uma das sensações mais comuns que enfrentamos na vida profissional é a de inadequação. Desde a infância, tivemos objetivos a alcançar, obstáculos a superar e escadas para subir. Sentimos a necessidade de ultrapassar os limites, de progredir ou ser melhor do que as outras pessoas para conseguir acreditar que no nosso sucesso ou que somos bons o suficiente. Especialmente hoje em dia, demonstrar eficiência e sucesso virou um critério ainda mais importante no trabalho. Por isso, temos dificuldade em nos aceitar do jeito que somos, já que nos focamos tanto nesse desejo de sucesso e eficiência.

uma mulher que trabalha fazendo uma pausa para meditação
Assine o Meditopia de graça por 7 dias

Se essa situação parecer familiar para você, não se preocupe, você não está só. Lembre-se, você sempre merece se sentir bem. Você não precisa de uma desculpa ou uma conquista para sentir compaixão por você. Às vezes, a meditação pode ser um espaço seguro para você lembrar do seu próprio valor, quando a sensação de inadequação aparecer de surpresa. Com o tempo e com a prática, você vai chegar ao ponto em que você se abraça e se aceita por inteiro. Você vai conseguir se olhar para com uma perspectiva mais objetiva e com compaixão quando se sentir fracasso ou .

Dá liberdade para você descansar

Muitas vezes percebemos tarde demais que precisamos descansar. Mesmo sem perceber, não atendemos a essa necessidade e deixamos nossa energia se esgotar. Às vezes ignoramos até as nossas necessidades fisiológicas mais básicas, como beber água, mexer o corpo, ir ao banheiro. Talvez você perceba mais agressividade ou nervoso nesses momentos, reagindo de forma diferente do que faria em outra situação. As práticas de atenção plena podem ajudar você a observar seus sentimentos regularmente, identificando e trabalhando suas necessidades. Fazer uma pausa, mesmo que seja curtinha, pode satisfazer necessidades físicas e mentais e ajudar a enfrentar estresse e irritação.

Ter consciência dos seus limites também pode contribuir na criação de espaço para descansar quando precisar. Talvez seja difícil equilibrar os limites entre o trabalho e a vida pessoal, especialmente quando trabalhamos em casa. Pesquisas mostram que existem relações positivas entre atenção plena e equilíbrio da vida pessoal/profissional, bem como entre a atenção plena e o desempenho profissional. Essa pesquisa indica uma relação positiva entre a atenção plena no trabalho e o desempenho profissional, e uma relação negativa entre a atenção plena no trabalho e a taxa de rotatividade. Ou seja, quanto mais praticamos a atenção plena, melhor fica o nosso desempenho, e quanto menos praticamos a atenção plena, vemos uma maior mudança de trabalho.

Praticar a atenção plena e respeitar os seus limites pode ajudar você a trabalhar com mais liberdade e alegria, sem exceder as suas habilidades e desejos.

Avalie e defina os seus limites

O setor ou a empresa onde você trabalha pode exigir que você se relacione com várias pessoas durante o dia. Talvez você trabalhe com muitas pessoas que não conhece direito ou com quem não tem muita intimidade. Às vezes, acabamos usando padrões de comunicação que não são saudáveis, quando enfrentamos relacionamentos profissionais desafiadores ou estressantes. Talvez um comentário ou reação de um colega de trabalho ou supervisor nos chateie e nós passamos a ter dificuldade em nos expressar e manter os nossos limites.

Ao praticar compaixão e aceitação, você consegue ser mais você, apesar dos relacionamentos desafiadores, e estabelecer padrões de comunicação que respeitam tanto os seus limites quanto os das outras pessoas. As pessoas que trabalham com você também possuem pontos fortes e fracos. Perceber isso pode contribuir para uma avaliação mais objetiva dos comportamentos que incomodam você. As práticas de atenção plena podem auxiliar também na priorização, identificação e comunicação das suas necessidades, as condições que você vai aceitar e as que não vai. Assim, você pode dar  um feedback claro e ajudar a manter agradável o ambiente de trabalho e o espírito de equipe.

Melhora a concentração

uma pessoa focada

Sem dúvida, um dos principais fatores que afetam o nosso desempenho profissional é a capacidade de focar. Em um estudo realizado em 2020, após dois anos de atenção plena e educação voltada para a atenção, foi observado um aumento significativo do período de atenção dos alunos que participaram da experiência. Em outro artigo que analisou o conceito de atenção plena, os resultados foram compilados mostrando que a atenção plena ajuda no foco, no desempenho profissional, regula as emoções, a inteligência e contribui de forma construtiva nos processos de resolução de conflitos. Com base nesses resultados, podemos ver que as práticas de atenção plena abrem as portas para a possibilidade de ter uma vida profissional mais feliz, produtiva e criativa.

Conclusão

Todos podemos ficar sem motivação e entusiasmo na vida profissional de vez em quando, ao nos desconectarmos do que nos move. Nesses momentos, é importante se cuidar com compaixão e lembrar que isso é temporário. Quando você pensa nas últimas semanas, em qual das áreas mencionadas você está tendo mais dificuldade? Lembre-se, reconhecer as suas necessidades é o primeiro passo para conseguir satisfazê-las.

Agora, vamos dar uma olhada em alguns materiais que vão ajudar você a se adaptar ao seu ritmo de trabalho e aumentar a motivação.

Tradutora: Mariana Ciocca Alves Passos

Leave a Reply