Encontre sentido

Yeni yıl

O ano que começa: esperança, flexibilidade, humor e compaixão

Um novo ano estĂĄ começando. Esse Ășltimo ano pode ter sido difĂ­cil. Talvez vocĂȘ tenha sentido ansiedade ou medo. Ao entrarmos no ano novo, podemos focar nossos sonhos no futuro e decidir o que vale a pena segurar e o que nĂŁo estĂĄ nos ajudando mais. Aqui estĂŁo algumas estratĂ©gias de como abordar este ano novo com compaixĂŁo e esperança.

Como desenvolver a compaixĂŁo pelos outros e aceitĂĄ-los exatamente como eles sĂŁo.

A compaixão é uma virtude que praticantes de meditação querem cultivar. Nesse artigo vamos explorar como podemos desenvolver nossa compaixão pelos outros, para que possamos aceitar o momento presente e as pessoas como elas são.

Minha vida virou de ponta cabeça | Como lidar?

No artigo de hoje, vamos olhar quais atitudes podermos tomar durante períodos de caos e também como melhorar nossa maneira de encarar as mudanças da vida.

Entendendo o seu porque

O significado da vida vĂȘm se alterando atravĂ©s dos anos. Paramos de pensar na vida ema termos de “sobrevivĂȘncia” e começamos a pensar sobre como queremos viver. Mas como descobrir esse propĂłsito, nosso “porque”? E porque Ă© importante descobrir nosso propĂłsito?

A mente dividida

O que vocĂȘ faz para prevenir crises de pĂąnico?

No Que a Raiva Pode Nos Ajudar

Se a raiva fosse uma professora, vocĂȘ se matricularia em seu curso? A maioria de nĂłs passaria longe, mas talvez suas emoçÔes mais negativas, inclusive a raiva, sejam aquelas que mais podem te ensinar sobre vocĂȘ mesmo.

O valor do seu patrimĂŽnio determina o valor da sua pessoa?

Quanto do seu sentimento de valor prĂłprio vem do seu dinheiro? Neste artigo vamos fazer algumas perguntas que irĂŁo levĂĄ-lo a refletir sobre o valor que vocĂȘ dĂĄ a si mesmo e aos outros e que nĂŁo tem nada a ver com dinheiro.

Como Superar a SĂ­ndrome de Impostor

No artigo de hoje, vamos descascar as diversas camadas que configuram a SĂ­ndrome de Impostor e trabalhar cada uma delas!

Como apoiar sua companheira durante uma crise de pĂąnico

Por mais de um ano meu marido me viu ficar cada vez mais distante, enquanto ainda sofria com as crises de pĂąnico. Isso Ă© o que eu gostaria que nĂłs dois tivĂ©ssemos sabido…