Não consigo meditar todos os dias, e agora?

Não existe “não conseguir” quando falamos de meditação. Os exercícios de atenção plena são experiências únicas e muito pessoais. Ninguém pratica melhor ou pior e não existe certo ou errado.

Enquanto você medita, seu maior objetivo é não se perder entre os pensamentos. No começo, poderá ser um pouco difícil, mas conforme você pratica, quanto mais você segue as orientações, mais você conseguirá estar presente e atento ao momento.

Além disso, você começará a notar sua respiração, ouvir melhor seu corpo e seu eu interior. Ao deixar de lado suas preocupações diárias, você cria um ambiente calmo e livre de ansiedades e angústias.  

Por isso recomendamos começar reservando 10 minutos diários. Respire profundamente, inspirando e expirando devagar. Comece a relaxar, experimentando  estar presente ao momento e comece a meditar, observando seu fluxo de pensamentos, focando em seu corpo e respiração. Talvez em suas primeiras tentativas seu tempo de foco seja mais curto, mas ele melhorará bastante, dia após dia, junto com as suas práticas.

Então eu não devo pensar em nada durante a meditação?

A meditação é, na verdade, um exercício de atenção plena. É quase impossível não pensar em absolutamente nada durante a prática, e o que realmente importa é estar atento aos pensamentos que surgem. Ao notá-los, você também entenderá melhor a si mesmo(a), se não se deixar levar e apenas os acompanhar, como um observador. Nossa mente sempre está cheia de ideias e pensamentos, e isso é muito normal. Em vez de tentar dissipá-los, procure notar que eles existem, sem se perder e ir para longe do seu momento.  É esperado que, durante a meditação, você acabe seguindo um pensamento e perdendo o foco da prática. Quando você perceber que isso acontece, traga sua atenção de volta, e continue.

 

Praticar meditação significa sempre estar atento ao momento presente e nunca pensar no futuro?

Meditar é apenas reservar um momento para si. Quanto mais você aprende e pratica os exercícios em seu cotidiano, maior será a atenção que você terá diariamente consigo mesmo(a) e com o ambiente ao seu redor, dia após dia.

Todos nós fomos feitos para planejar o futuro, aprendendo com o passado e pensando no que virá amanhã. E isso sempre será assim. Sempre teremos nossas prioridades, como nosso trabalho e carreira, família, saúde, dinheiro… e isso faz parte da vida. Claro que não podemos esquecer essas prioridades, mas também não podemos deixar que elas tomem todo nosso tempo.

Quando deixamos nossa mente se perder entre as preocupações, nos afastamos do momento presente e das alegrias que ele traz. Se não mantivermos nossa mente calma e focada, não poderemos ver as soluções para os nossos problemas, e passaremos os dias alheios ao melhor que a vida nos dá.

 

Deixe uma resposta